Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





IVG

por Clementine Tangerina, em 31.01.07
...é verdade...nós somos parte da equipa do Sim...nunca me tinha passado pela cabeça estar a viver tanto um referendo...ainda para mais do sim...tem sido uma experiência "louca"...domingo tive o prazer de cumprimentar o nosso primeiro ministro...diz quem viu que eu parecia que tinha comido um garfo de tão direita que fiquei...apesar de muito cansativo, e muito stressante é uma experiência que jamais irei esquecer...Ahhh diz quem já anda nisto há muitos anos que isto é "apenas" um referendo, que em eleições normais, o stress é três vezes maior...aiiiii aiiii aiiii...Quando são mesmo as próximas eleições?

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por Clementine Tangerina, em 26.01.07

...é o momento, agora, neste instante. Tudo muda, a vida, as pessoas, os colegas, as ruas, os caminhos diários, os habitos.

Tudo muda...para melhor...bem melhor. O stress aumenta, a responsabilidade multiplica-se, o cansaço nem se fala...mas tudo faz parte.

Chegar ao fim do dia com a mensagem, "Missão cumprida" !

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mumy Day *

por Clementine Tangerina, em 25.01.07

Hoje a casa iluminou-se, os sorrisos voltaram e os risos também.
O que lá vai lá vai, e melhores dias virão, não fosse hoje o dia de uma das pessoas mais importantes da minha vida.
Ela é linda...é uma SENHORA, corajosa, guerreira, amiga do seu amigo, e forte.
Ela é sem dúvida o melhor exemplo de ser humano que eu conheço, depois de muita bofetada que levou da vida, ela continua de cabeça erguida perante os outros.
Nada lhe mete medo (ou quase nada...), acredita em algo "superior" e que a vida não será só "isto".
Amo-a incondicionamente, não fosse ela, a minha Mãe.
És o meu idolo...quando for "grande" quero ser como tu!

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por Clementine Tangerina, em 22.01.07
Há momentos em que perdemos a vontade de falar, de sorrir, e até de atender o telemovél aos amigos. Momentos que só quem nós é próximo nos compreende. Só quem sofre do mesmo, quem não compreende as mesmas coisas, quem não aceita, é que nos faz sentir que sofre da mesma dor que nós, que compreende aquela lágrima esquecida no nosso rosto e o significado de um abraço e de um lenço no momento certo.
Há momentos em que só um abraço da familia pode fazer esquecer por momentos a dor, a dor de se perceber que afinal a familia é mesmo o melhor que levamos desta vida. E que nem os amigos nestas alturas estão ao nosso lado. Porque efectivamente não estão. E a dor é tanta que isso deixa de fazer sentido, e o que realmente importa são os sorrisos que se conseguem arrancar depois de dias realmente dificeis.
Obrigado Mags. pelo telefonema...tu tiveste uma pontaria "santa" o telefone tocou, mas não te pude atender...não conseguia...mas obrigado...ficou registado o teu gesto, o teu carinho, apesar de não ter falado contigo. Só o facto de teres ligado fez-me sentir mais aconchegada. Obrigado.

Autoria e outros dados (tags, etc)


The Secret Life Of The Words

por Clementine Tangerina, em 21.01.07
Josef: I thought um, you and I, maybe we could go away somewhere. Together. One of these days. Today. Right now. Come with me.

Hanna: No, I don't think that's going to be possible.

Josef: Why not?

Hanna: Um, because I think that if we go away to someplace together, I'm afraid that, ah, one day, maybe not today, maybe, maybe not tomorrow either, but one day suddenly, I may begin to cry and cry so very much that nothing or nobody can stop me and the tears will fill the room and I won't be able to breath and I will pull you down with me and we'll both drown.

Josef: I'll learn how to swim, Hanna. I swear, I'll learn how to swim.

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por Clementine Tangerina, em 17.01.07
Quando menos esperamos, as más noticias chegam.
É o fim de uma história, o fim de uma vida, o fim de uma ligação familiar.
E como aceitar isso de um momento para o outro? Como aparecer com um sorriso nos lábios de modo a dar força a minha mãe? É dificil...vai ser dificil.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Cá p'ra mim...

por Clementine Tangerina, em 15.01.07
Como o natal já passou e agora só volto a receber presentes nos meus anos, então que seja.
Presente Pretendido: Satisfação laboral, por outras palavras,
"AQUELE" EMPREGO!
Será pedir muito ?
É que estou farta
senhores,
muito
farta!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Real Life...

por Clementine Tangerina, em 10.01.07
Pois é...o que é bom acaba depressa e por isso hoje é o meu ultimo dia de férias...ah pois é...para me despedir das fériazinhas nada como um dia de chuva para me começar a mentalizar que amanhã tudo volta ao normal. Acordar cedo, engolir o pequeno almoço num tempo record, fugir as filas de trânsito, apanhar o comboio, e para minha sorte, tentar-me safar da greve do metro. Escolhi um belo dia para começar a trabalhar...eu sei, eu sei...! Com a sorte que eu tenho hoje recebo um telefonema da "boss" a dizer que me vai buscar à estação de comboio!?

Ora então que seja um bom dia...já que não posso ir estender a toalha na praia terei que fazer outro programita à maneira!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Damien Rice

por Clementine Tangerina, em 07.01.07

As férias este ano tomaram um novo sentido, pois estou habituada a ir de férias e regressar ao trabalho, as vezes mais cansada do que fui. Sim porque viajar também cansa...e quem diz o contrario mente ou então nunca andou de avião 5 ou 6 vezes em 10 dias...mas este ano foi diferente. Graças aos feriadozinhos do natal e do ano novo consegui ficar com mais uma semana para gozar após a viagem, ou seja, até quinta-feira ainda estarei a fazer boa vida! Também mereço, quando todos foram de férias eu trabalhei...agora é a minha vez!

Uma das coisas que mais gosto de fazer quando tenho tempo, é de procurar novas músicas e novas vozes para ouvir enquanto vou folheando um livro.
Ontem enquanto vi um episódio da "Anatomia de Grey" um dos episódios da 3 serie terminou com esta música. Por breves momentos pensei estar novamente na sala de cinema do el cort'ingles a ver o "Closer"...esta música teve o mesmo efeito que o "Blower's Doughter"...é inesplicavel..."9 crimes" é outra daquelas músicas que fica...fica...e que mexe cá dentro.

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por Clementine Tangerina, em 05.01.07
Cabo Verde *
As Ilhas da Morabeza






" Sinhorá, I love you..."

"Heiii miss Portugal..."

"levo morabezas de cabo verde no coração..."

" Tá na hora do Bye"


Lisboa -> Praia -> São Vicente -> Praia -> Sal ... foi este o meu trajecto pelas ilhas de Cabo Verde.
Confesso que não tinha uma ideia formada sobre este pais, tinha ouvido diversas opiniões sobre este pais e todas elas contraditórias. Preferi ignorar todas elas e ir de mente aberta para esta aventura.
O meu primeiro choque foi na cidade da Praia, pois por lá as casas na sua maioria não são pintadas por fora, ou seja, é praticamente uma cidade cinzenta, onde a cor é quase nula. Depois existe o factor pobreza que é uma constante no nosso dia a dia, ela são meninos a pedirem-nos "money" ou a pedirem para nos lavarem o carro ( as vezes 3 vezes por dia) e outras até pessoas adultas que vem até nós para lhes trocarmos euros por escudos caboverdeanos.
O primeiro dia foi um misto de tristeza e de alegria, por uma lado ver a realidade daquele pais e por outra a alegria de estar ali a desfrutar de tudo de bom que eles tem para nos oferecer.
No segundo dia rumamos até São Vicente, onde tinhamos à nossa espera uma comitiva muito animada para nos receber. Foi bom sentirmo-nos em casa e sermos recebidos tão calorosamente. Conheci a famosa Baia das Gatas, que é de cortar a respiração...andamos pela cidade à descoberta e fomos ao mercado do peixe fazer umas compras para um jantar tipico portugues.
É dificil contar tudo sem me esquecer de nada...foram 10 dias de muitas aventuras, de muitas frases guardadas " sinhorá, I love You", um grupo de rapazes que se meteram comigo no Tarrafal enquanto andava a fotografar... e depois na despedida
" tá na hora de bye" quando deixamos a ilha de São vicente para regressarmos à praia. Foi dificil não me emocionar com a partida...pois quando somos recebido de braços abertos, mesmo à maneira caboverdeana (com muito carinho) é dificil a "hora de bye".

Mas ir a Cabo Verde não é apenas ir à ilha do Sal, que é a ilha mais turistica, mais arranjada...cabo verde é são vicente, é praia...é a ilha da boa vista, de Santo Antão ( ilhas que ainda irei conhecer um dia...) é nessas ilhas que se conhece verdadeiramente o espirito caboverdeano, onde nos dizem "bom dia senhora", onde somos surpreendidos pelas tocatinas na noite de 31 de dezembro, enfim é conhecer as raizes do pais.
Foi mesmo tudo sem palavras, os locais, as pessoas, os sorrisos que guardei, as frases registadas...enfim...acho que vou estar a processar toda esta viagem pelo menos até aos próximos dois meses.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor



Feedly me...

follow us in feedly


Visitas


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D