Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Pós Festa...

por Clementine Tangerina, em 31.03.07




Todos os anos os meus jantares de aniversário tem algo que os torna "inesquecíveis" e este sem dúvida que não foi excepção à regra!

A boa disposição fez as honras da casa e por isso foi sem dúvida ela que mais predominou em toda a noite. Depois de receber quatro malas (sim malas...aquele acessório que toda a mulher venera...), umas pulseiras lindas de morrer, um tratamento 'Deluxe de Chocolate' no "Spatitude" , 10 sessões de mesoterapia (mnhamm), simples mas significativos postais que "diziam tudo" e muitas coisinhas entre elas a presença de algumas pessoas inesperadas, que me alegraram muito! O bom de ser fazer anos quanto a mim não é vir atolhado de prendas para casa, mas é os minutos que passamos com as pessoas que gostamos. Quem realmente me conhece sabe que até uma guardanapo de café com algumas palavras vale mais que uma prenda. Os gestos é que contam...e a obrigação de se comprar algo porque tem que ser não me agrada, mas nada nem ninguém nos obriga a dizer à outra pessoa aquilo que achamos dela, e os desejos que temos para ela para o futuro. Banalidades eu sei, mas são essas as banalidades que alimentam a amizade.

Mas a festa não foi só presentes...depois das entradas começou a circular uma personagem nova no restaurante que até então não tinha dado o ar da sua graça...Marcelino de seu nome, era "A PERSONAGEM". Sempre com um ar "Não me batam por favor", mas que assim que lhe passam o microfone (sim porque o Restaurante tinha animação) o senhor transforma-se em...em...nem sei que palavra usar...digamos que a música que ele cantou talvez diga tudo..."Robocop Gay" dos Mamonas Assassinas...está lá tudo! Depois do Marcelino cantar vezes sem conta o "Roda roda vira..." o público pediu Bis e gritando o seu nome, o Marcelino lá obedeceu.

Depois foi a vez de um cliente da mesa ao lado se entusiasmar com o pedido de ir cantar, e acabou quase nu...sem camisa, nem cinto...e se o público tivesse gritado tanto como gritou com o Marcelino, para ele tirar o resto, o pobre rapaz lá teria tirado...ohhhh se tinha...Diz que, quem cantou com ele o "Bem Bom" das Doces com ele que o senhor estava para lá de bebado!

O J. não se escapou de me fazer uma declaração de amor, ao som de Pedro Abrunhosa com "Tudo o que eu te dou", que foi lindo, foi! Melhor, melhor fui eu para abrir a noite a cantar Adriana calcanhoto "Ficar sem você" que acho que assustei Alcântara e arredores.

Foi sem dúvida uma grande noite...

"Posso tratar-te por tu?"

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por Clementine Tangerina, em 30.03.07

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por Clementine Tangerina, em 28.03.07





Brothers & Sisters

Estreou no passado sábado na RTP2 (às 22h30), a série "Brothers & Sisters", com um elenco de luxo esta série promete. Quanto a mim, os dois primeiros episódios tem uma misture de "Six Feet Under", os dramas, os vicios, e as relações. Pelo que vi gostei, não fosse Calista Flockhart uma das actrizes com grande destaque. Recomendo...Mais para à frente falamos!



" "Brothers & Sisters" conta a história da família, Walker.Os irmãos Walker, enquanto crianças partilham todos os bons momentos de juventude, mas enquanto adultos tudo se torna mais complicado, pois são pessoas muito diferentes, somente unidos pelo mesmo gene.Os filhos de Henrry Walker e as suas respectivas famílias juntam-se para comemorar o aniversário de Kitty, só que o patriarca da família morre naquela noite.Com a sua morte, o elo de ligação mais forte entre todos rompe-se e todos são forçados a enfrentar a realidade das suas vidas. Kitty, que tem sucesso na rádio, consegue um emprego em Los Angeles.Thomas junta forças com a sua irmã, Sarah, uma poderosa executiva e mãe de três filhos, para tentar consertar o negócio de família. Kevin sabe da notícia que a sua ex-mulher se vai mudar com o filho de 12 anos para o Texas. Justin, veterano da Guerra do Golfo, deixou a nicotina, mas outras coisas não o vão deixar progredir com a carreira e vida amorosa. As dificuldades de um filho autista estão a dificultar a vida de Sarah. Os gémeos vão descobrir muitos segredos que podem abalar os laços familiares ou torná-los ainda mais fortes. "

Autoria e outros dados (tags, etc)


É preciso dizer mais alguma coisa...?

por Clementine Tangerina, em 28.03.07

Autoria e outros dados (tags, etc)


Aqui Há Gato...

por Clementine Tangerina, em 27.03.07
S01-01(Pilot)


Estava eu contente e feliz a ver "Ghost Whisperer" eis que entra um belo "fantasminha" chamado Wentworth Miller, sim o Michael Scofield de "Prison Break". Isto há coisas...Giro que só ele!

Tenho reparado que os actores da maioria das séries que estão em exebição, tem passado de umas para as outras. Já vi Domenic Purcell (LIncoln) no House, Leslie Hope (Teri Bauer, do 24) também no House...enfim é só "Cruzamentos" de personagens.

Quanto a "Ghost Whisperer" confesso que não achava muita piada à Jennifer Love Hewitt, menina sem sal...mas mudei de opinião...gosto da moça...pelo menos na personagem de Melinda!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Blood Diamond...

por Clementine Tangerina, em 27.03.07


Danny Archer: Sometimes I wonder if God ever forgive us for what we've done to each other...



Danny Archer: Than I look around and I realize... God left this place a long time ago.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Se...

por Clementine Tangerina, em 26.03.07


Costumo classificar o fim de um ano, com a chegada de mais um aniversário.
O meu final de ano está a chegar. Recordo os desejos que tinha pedido quando apaguei as velas no ano anterior. Não mudou muita coisa, os mesmos amigos, o mesmo sorriso a oferecer-me flores, e a mesma incerteza de um novo ano que vai começar.
O dia de anos é sempre um dia de reflexão, e mente quem não o faz. Há sempre um ano anterior a recordar, as pessoas que estiveram connosco nesse dia, aquele postal que recebemos sem estar à espera, o abraço que nunca mais vamos ter.
Há sempre uma melancolia nesse dia, ou porque houve alguém especial que se esqueceu do dia, ou simplesmente porque a vontade de celebrar esse dia não está presente.

E chego à conclusão, em conversa com a minha amiga "MaryLight" parece que andamos sempre à procura de um "fantasminha" para atormentar a nossa vida. Nunca estamos totalmente satisfeitos e depois entram novas personagens nas nossas vidas que nos fazem pensar quando abordados em alguns filmes e séries.

Deviamos ter um filtro cerebral que nos fizesse parar os pensamentos e fazer a selecção daqueles que fazem sentido. Tudo seria mais fácil. A quantidade de horas e minutos que perdemos por dia a pensar em coisas sem sentido. Os "se's" da nossa vida, que não nos deixam avançar.

Autoria e outros dados (tags, etc)


...

por Clementine Tangerina, em 25.03.07




I Miss You, Bridget!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Portugal VS Belgica

por Clementine Tangerina, em 25.03.07


Foi uma noite memorável...sem dúvida alguma!
Muita alegria, apesar de uma primeira parte sofrida, muito "Coooorrrree Mouutinnhoo", "Rooooonnnalldooooo", "Nunoooo a baliza é para a direita..." .
O público estava ao rubro, incansáveis nas palmas, nos gestos de apoio e até nos assobios ao guarda-redes belga (que diga-se bem que mereceu!)
Não fui apologista da assobiadela que deram no hino nacional belga...o fair play é muito bonito, e há que saber separar as àguas.
Eu não assobiei ai, mas gritei muito até ficar rouca no apoio que dei à nossa selecção! Foi bonito de ver que mal o Quaresma marcou o 3º golo, o scolari mandou-o para o banco e ele aceitou sem protestar...foi bonito ver o público pedir ao Ronaldo "e salta ronaldo e salta ronaldo olé olé" e ele feliz e contente obedeceu!
Foi dos melhores jogos que alguma vez vi na vida, pena mesmo foi ter sido na casa dos leões!


Autoria e outros dados (tags, etc)


Little Children

por Clementine Tangerina, em 24.03.07

Durante o dia eles são jovens pais perfeitos, dedicando-se ao sucesso dos filhos. À noite um recorre à pornografia na internet, outro é viciado no trabalho e os restantes dois acabam por ter um caso extra-conjugal. Quando as suas vidas se cruzam a situação em que vivem torna-se perigosa.

Mais uma vez Kate Winslet está no seu melhor, tanto louca como a mais normal das mulheres. Há filmes que não devemos perder e este é sem dúvida um deles.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor



Feedly me...

follow us in feedly


Visitas


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D