Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Selinho...

por Clementine Tangerina, em 23.05.09

As regras são:
1.Colocar o selo no blogue;
2.Divulgar as regras;
3.Dizer 5 coisas que gosto na vida;
4.Indicar 5 blogues para os quais o envio;
5.Informar os blogues indicados que receberam o selo



As 5 coisas que gosto muito muito muito de fazer:
1. Muito e bom parlapier com os melhores amigos do mundo, os meus!
2. Longos e bons passeios fotograficos, simmmm!
3. Dormir...Dormir muito...tipo não me acordem!
4. Cinema, teatro, concertos...ahhh que bommm!

5. Viagens...muiiiitass viagens!

E o selinho vai directamente para...

* Às 9 no meu blog
* Vagueando pela rua
* Closer
* A vontade do regresso
*Sincera ( e não) Mente

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Sons de Sábado...

por Clementine Tangerina, em 23.05.09



Sarah Blasko é uma cantora australiana nascida em 1976 e vencedora de prêmios australianos pela sua música. Ganhou respeito a fama pelo seu segundo álbum, lançado em 2006 e chamado “What The Sea Wants, The Sea Will Have”. Blasko é um dos maiores nomes da música alternativa australiana e mundial e sua música influencia artistas pela originalidade e intensidade.

Aqui fica a sugestão para este Sábado...algo alternativo e diferente! Bjinhos*

Autoria e outros dados (tags, etc)


Fantasias...

por Clementine Tangerina, em 22.05.09


Há uns tempos uma amiga disse-me que uma das suas fantasias era cantar a música das The Pussycat Dolls " Don't Cha" a um rapaz e a namorada tinha que estar ao pé a assistir.

É claro que desatei a rir às gargalhadas, no entanto não deixei de lhe achar uma certa piada pela letra da música obviamente e pelo atrevimento da minha amiga.


Quem nunca desejou provocar à cara pobre a namorada de um rapaz pelo qual se sentia atraída ? Quem é que nunca quis provocar até deixar o pobre do rapaz com as calças na mão?


Mas há que quer classe minhas amigas, há fantasias e fantasias...todo o cuidado é pouco quando se mete o bedelho onde não se é chamado...pezinhos de lã e olhinhos bem atentos ao comportamento alheio, porque pode virar-se o feitiço contra o feiticeiro.

Nunca fui de provocar ninguém, muito menos namoradas...pois acho que o mais provável era acabar enrolada num valente escândalo...pois acredito que nenhuma namorada que visse o seu namorado a ser provocado iria ficar a olhar apaticamente para a situação ou então bater palminhas de alegria até lhe doer as mãozitas. Já estou a imaginar... o circo montado, cabelos despenteados, roupa rasgada, unhas partidas e bofetada para lá e para cá! Linndo de se ver!

E quem é que iria ficar com o ego em alta? O rapaz, obviamente...e será que valeria a pena tanto trabalho por tão pouco ? Não me parece, não me parece de todo!
Mas a verdade seja dita, um pouco de adrenalina na nossa vida também faz parte...ohhh se faz!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Sempre Sem...

por Clementine Tangerina, em 21.05.09


Se há uma coisa que me intriga e me faz até falar sozinha com os meus botões são aquelas senhoras que fazem questão de ir para o ginasio maquilhadas.

Não é que não fique bem, um blush, um rimel, e ate uma sombra com a nossa roupa do ginasio...mas amigas é realmente horroroso o resultado passado 10 minutos de as minhas queridas estarem a correr, pois é ver o rimel a borrar, a sombra a passar para outras zonas do rosto e o blush pufff a ir-se...o resultado é catastrofico...assustador.

Ontem duas senhoras nesses preparos passaram por mim enquanto treinava, e pensei para mim "vou ser amiga e vou dizer-lhes...mas o que? ahhh tem os olhos borrados? isto lá é coisa que se diga a uma senhora? " calei-me bem caladinha e continuei a pedalar ainda me viravam má cara e eu é que ficava mal na fotografia!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Natural...

por Clementine Tangerina, em 21.05.09



Tento encontrar.
Procuro em gavetas,
Nas prateleiras,
Nos cantos da casa.

Olho à volta e encontro sinais de mudança.
Revejo alguns episódios e apago da memória.
Não há sinais de perigo por isso avanço.
Vou à janela e concentro-me no azul do céu. Que hoje está mais vivo que nunca.
Sem contar um arco-íris surge e apresso-me a guarda-lo.

Reviro a prateleira dos livros.
Encontro escritas antigas.
Escritas que não são minhas.
Numa caixa vazia encontro k7's de áudio.
Procuro desesperadamente um radio para as ouvir.
Depois da procura vem a desilusão.
Do rádio sai a "tourada" do Tordo, sem dar por isso canto.

Sento-me no chão e os pés ficam gelados.
Recuso-me a ler as escritas que encontrei de outros tempos.
Receio do que já passou e em silêncio fico.

Da Janela entreaberta surge uma borboleta que pousa numa das almofadas.
Observo-a e pergunto-me de onde vem e para onde irá.
Ela fica por ali e eu vou continuando a minha busca por outras histórias e outros pensamentos. Sei o que quero, quero continuar.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais...

por Clementine Tangerina, em 20.05.09


Na aparelhagem da sala a música vai tocando sem que ninguém lhe dê a importância que devia. Entro na sala, fecho o cortinado, ajeito as almofadas que estão fora do sitio, desligo a música e deito-me no chão, no tapete macio que tanto me custou a juntar para o pagar, mas que me tem feito ter belos momentos de reflexão e de introspecção!

Se alguém me visse neste momento aqui deitada no chão, ao em vez de estar no meu sofá chaise-long não pensavam o melhor de mim, mas eu diria que as vezes o chão duro é mais macio que qualquer sofá.

Fico de olhos fechados a tentar abstrair-me dos sons do prédio e da rua, tento desligar-me do que me rodeia e por breves minutos sentir-me em silêncio para puder voltar a ser o que era, ser a pessoa que sorri à mínima piada que ouve na rádio, voltar a dar gargalhadas de alegria quando estou entre amigos, voltar a acordar de manhã e sentir que "é o primeiro dia do resto da minha vida"!

Na porta ao lado alguém toca a campainha, rezo para que não venham interromper o meu silêncio. Mas esse pensamento logo é interrompido, a campainha toca e desta vez é mesmo na minha porta.

Levanto-me, respiro fundo, calço as crocs rosas que sempre uso em casa, olho pelo buraco da porta...volto a olhar e nada. Penso para mim...será que foi alguma brincadeira do miúdo do andar de cima ? Coloco o ouvido na porta para tentar perceber se há risos, e percebo que não há qualquer som...até o relógio de cucos do senhor Alfredo está silencioso hoje.
Começo a achar que talvez a porta não tenha tocado...talvez tenha sido um delírio meu, é o mais provável, talvez por eu ter estado demasiado tempo em silêncio e fez com que sonhasse com o toque da porta. Talvez sim, talvez não.

Volto para me deitar novamente no tapete da sala e reparo que há uma moldura nova que não estava ali, olho para as fotografias e reparo que são recentes, devem ter pouco mais de um mês. Questiono-me do sorriso que tinha na fotografia, não está sincero...há algo na fotografia que me intriga e me preocupa. Será que os outro viram o quanto estava a ser cínica naquele momento ? O quanto era amarelo o meu sorriso ?
Aquele não foi uma festa qualquer, foi a celebração da promoção de um dos amigos...uma saída à noite calma, num restaurante novo para todos, mas surpreendente!
Fiquei a matutar sobre aquele sorriso, porque no dia não me achava assim tão indisposta para estar com aquela expressão.
Talvez tenha sido o comentário de x e de Y...mas isso já começa a ser normal...há pessoas que não percebem a minha opção de querer ir viver para longe, de querer construir uma casa junto a uma ribeira e trabalhar longe da cidade e dos meus amigos. E eu aceito, tal como acho que essas pessoas tem que aceitar as opções dos outros. Eu sei que o que sai fora dos hábitos e rotinas das pessoas costuma chocar, mas eu fiz uma escolha e a minha escolha é para a vida. Eu quero ser mais eu, quero ser mais do que sou agora. Quero sorrir ao almoço e ao jantar, quero ir ao mercado sem pensar que não vou ter lugar para estacionar, quero ver a montanha sem ter que andar duas horas de carro, quero deitar-me ao fim da noite e desligar do mundo e só pensar em mim e no meu lado esquerdo.
Eu quero mais, muito mais da vida e isso eu tenho a certeza.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Às "amigas" deste pais....

por Clementine Tangerina, em 19.05.09
Se há coisinha que me faz frieiras é aquelas pessoas irritante que tratam toda a gente por "amiga", mesmo aquelas pessoas que acabaram de conhecer, mesmo uma cliente da sua empresa, e a senhora da banca dos jornais.
Ódio de estimação minha gente, é o que sinto por essas pessoas. Mas ninguém é capaz de lhes explicar que no dicionário de português "amiga" tem como definição " Que está em boas relações com outrem; Pessoa à qual se está ligado por uma afeição recíproca (...)" não me parece que qualquer uma destas definições se aplique a essas pessoas.
Mas porque raio é que a dizem ? Será que julgam que é fashion, que tem classe dizer "amiga" em vez de dizer o nome da pessoa?
Irrita-me solenemente estas pessoas, e quando me tratam por esse nome fico em broa...principalmente pessoas que não tem qualquer confiança comigo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Lila Downs

por Clementine Tangerina, em 18.05.09

Inesquecível...uma voz, uma presença em palco que põe qualquer um com o coração pequenino.
O concerto de ontem foi realmente especial...confesso que o Auditório dos Oceanos ( no casino de Lisboa) é hoje uma das minhas salas de espectáculos preferida, parece que independentemente do lugar estamos sempre a ver o concerto na 1ª plateia. Ontem não foi excepção...ficamos bem sentados e vimos tudo ao pormenor!
Ainda mais bonita, Lila downs, provou mais uma vez a voz grandiosa que tem e o poder que tem de seduzir todos os que a estão a ver.
Ela é realmente fabulosa! Sem dúvida a repetir!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sábado animado...

por Clementine Tangerina, em 17.05.09

E não é que foi um sábado e tanto..!
Correria à feira do livro, apenas para a madrinha pedir um autografo ao Sr. António Lobo Antunes...duas horas de espera, mas valeu pelo sorriso dela no final!
Rumamos até ao Chiado que estava na moda, para o desfile dos Storytailors e uma ida à "A vida Portuguesa" que é realmente uma viagem no tempo...todos os sabores e cheiros do nosso imaginário de infância estão lá...as farinhas 33, os sabonetes em barra para lavar a roupa, os azeites em lata...tudo! Magnifico! Após o jantar lá fomos novamente ao Teatro São Carlos para ver mais um desfile de novos talentos, com participação dos bailarinos da Companhia Nacional de Bailado.
Foi só de lamentar que os desfiles tivessem começado sempre atrasados, o dos Storytailors no site estava anunciado as 20h e começou as 21h15, inadmissível...! Mas fora isso foi sem dúvida um belo sábado! Vamos repetir!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sons de Sábado...

por Clementine Tangerina, em 16.05.09



A música de hoje é inspiradora o suficiente para nos fazer ir ficando um pouco mais na cama...deixar a preguiça permanecer até lhe apetecer.

Bommm sábado ! :)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D