Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





A Caixa

por Clementine Tangerina, em 24.06.09








(...) Depois do vinho, das peonias e das sms's não haviam dúvidas para ela que aquilo só podia ser de alguém que a conhecia muito bem.
Tomou coragem e pegou no telemóvel para ligar ao número de telefone que lhe tinha andado a enviar as ditas sms's.
Chamou, chamou nada, ninguém atendia. Começou a ficar furiosa, com toda aquela situação. Tinha que fazer alguma coisa, não podia passar daquele dia.
Insistiu novamente, mas sem ter esperança que atendessem.
- Olá Rita curiosa....
- Estou a falar com quem ?
- Calma Ritinha, calma!
- Olhe calma estou eu, quero é resolver de vez toda esta situação!
- Oh Rita diga lá que não está a gostar ? Você até gosta de mistérios e de desafios...este foi apenas mais um!
- De onde é que me conhece para achar que me conhece assim tão bem?
- Se lhe revelasse iria estar a estragar o encanto desta conversa.
- Olhe não tenho muita paciência para estes joguinhos, ou me diz quem fala ou então serei obrigada a desligar.
- Tenha calma Rita, calma!

Entretanto a campainha de Rita tocou, foi até à porta enquanto falava ao telefone com o desconhecido.
Abriu a porta e percebeu que não estava lá ninguém, apenas uma caixa quadrada. Puxou a caixa para casa e continuo ao telefone.
- Então recebeu uma encomenda ?
- Como é que sabe ?
- Que falta de imaginação....faça um esforço e pense...
- Olhe não vou abrir, vou deixa-la onde estava e se quiser vir buscar venha.
- Não é preciso reagir assim, a resposta a todas as suas perguntas está dentro da caixa.
- É preciso ter lata, realmente!
- Não estou a perceber...lata porquê? Estou a ajuda-la a descobrir o tal mistério que julga existir e que não existe!

E a chamada caiu, o desconhecido desligou deixando Rita a pensar no que haveria de fazer. Ou abria a caixa e descobria todo o mistério, ou então podia também optar por ignorar tudo e arriscava-se a que os telefonemas continuassem e as entregas de presentes também.
Pensou, pensou e decidiu que iria abrir a caixa.
Pousou-a no chão da sala e colocou-a entre as pernas. Foi buscar uma tesoura e começou a cortar a fita-cola. De lá de dentro sobressaia um tecido cor de rosa que não dava para perceber à primeira o que seria.
Retirou tudo da caixa e percebeu que era um casaco, precisamente aquele que tinha há muito desejado comprar, mas que nunca o tinha feito por achar demasiado caro. Dentro de uma sacola de cetim branco vinham um vestido preto e uns sapatos a condizer. Procurou ainda dentro da caixa se existia algum bilhete, algo que pudesse identificar quem lhe tinha oferecido o casaco. Não era tarefa fácil adivinhar quem seria, pois durante meses, passou pela loja com diversos amigos e podia ser qualquer um. Fazia questão de lá passar para saber se ainda existia algum para mais tarde comprar.
A dúvida permaneceu, na caixa não existia nenhum bilhete, nenhum sinal. (...)



Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Versos Brancos a 24.06.2009 às 14:16

Mistérios ;)
Apaixonada por esta história =P
Sem imagem de perfil

De Goma a 24.06.2009 às 17:15

A resposta estava na caixa porque o vestido seria para ela vestir num jantar para ficar a saber quem era o admirador!! Hummm!! Será??

Ai que curiosidade!!
Sem imagem de perfil

De volteface.book a 25.06.2009 às 11:35

E um anel? hum? um anel?
Sem imagem de perfil

De Miss Glitering a 25.06.2009 às 11:39

voto na versão do anel... :)

beijinhos princesa

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D