Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





É de familia...

por Clementine Tangerina, em 12.09.10
Emily & Zooey Deschanel

Há cumplicidades que não se adquirem pelos laços de família. Nem sempre aqueles que nos são mais próximos de parentesco nos preenchem sentimentalmente como um amigo. Por vezes um amigo próximo parece ter mais semelhanças connosco do que os nossos irmãos, primos, tios...e são essas relações que nos fazem investir mais nas amizades.
Porque será que por vezes durante anos e décadas por muito que se tente não há relação possível com determinado familiar ? Serão incompatibilidades de feitio? Serão as circunstancias da vida?
Acredito seriamente que há certas incompatibilidades que se criam com a família e não se criam com os amigos, porque há coisas que NUNCA seriamos capazes de dizer aos amigos e dizemos aos nossos irmão, pais, tios...e isso chama-se à vontade demais...!
Conheço imensos casos de filhos que não se dão de todo com os pais e depois são os melhores amigos do mundo para os amigos.
É estranho, porque não estamos a falar de adolescentes de 15 anos (nada contra), mas sim de pessoas que já ultrapassam os 30 e que já deviam ter idade para ter juízo.
Revolta-me a ingratidão do ser humano, e a facilidade com que se esquece das coisas que faz e diz. Há palavras que nunca se esquecem e que ficam infelizmente para sempre.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Filipa a 12.09.2010 às 11:21

os amigos tu escolhes e a família não. logo à partida é tudo uma questão de sorte... ou de feitios!!!
Sem imagem de perfil

De StellaMaris a 12.09.2010 às 12:47

Concordo contigo e com a Filipa!
E isso acontece com todos! Simplesmente todos!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.09.2010 às 13:19

Pela primeira vez discordo!!
Há irmãos que são capazes de desejar o mal aos seus irmãos. Que sentem inveja, ciúme, que não querem o sucesso e felicidade do outro. Há irmãos que são capazes de falar mal do próprio irmão num jantar de Natal. São capazes de serem falsos e de apenas ter atitudes negativas. Quem lhes virar as costas não está a ser ingrato mas sim a estar cansado de tanta maldade sem motivo algum.
Há coisas que o sangue não justifica. Não é porque nasceste dos mesmos pais que tens o direito a fazer tudo o que queres, a magoares. Da mesma forma que dizes que "há coisas que NUNCA seriamos capazes de dizer aos amigos e dizemos aos nossos irmão, pais, tios...e isso chama-se à vontade demais" ...ou entao maldade e é essa postura que leva ao afastamento. Acho que estás a ver as coisas apenas do lado de quem fala mal aos pais e se deixa de dar com os irmãos. Acho que te esqueces de ver o lado de quem está farto que lhe falem mal, desejem mal e por aí fora. De facto há amigos que valem muito mais que os irmãos. MUITO mais!! Estão lá para ajudar, para animar e não para deitar abaixo.
Sem imagem de perfil

De Clementine Tangerina a 12.09.2010 às 13:32

Caro Anonimo:

Há casos e casos...não estou a falar em nenhum caso em concreto...mas de muitos que vou ouvindo da boca de varios amigos proximos e claro de alguns familiares.
Se há casos em que os pais "renegam" aos filhos, também os há que mal tratam e isso não tem justificação. Nem de um lado nem de outro.
O problema é quando deixa de existir o respeito e as pessoas ultrapassam todos os limites e mais alguns.
Concordo contigo, que há amigos que são mais que nossos irmãos, mas familia é familia e será sempre familia. Quer queiramos quer não serão sempre nossa familia.
Felizmente posso-me gabar de ter os melhores pais do mundo que sei que estão disponiveis para mim sempre que preciso, mas também faço por ser uma boa filha e estar também para eles quando precisam de mim.
Sem imagem de perfil

De м♥ a 12.09.2010 às 17:44

talvez o problema seja a "obrigatoriedade" da relação entre familiares. há uma pressão muito grande para nos darmos todos muito bem em familia, mas nem sempre acontece por incompatibilidade de feitios por exemplo. com os amigos é diferente. o facto de não vivermos com eles, de sermos nós a escolher quando e onde estaremos com eles, torna as coisas melhores. quando não dá certo, azar. com a familia não é assim. e depois também tem o facto que referiste, do à vontade demais.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.09.2010 às 19:21

Clementine:

Seguindo o teu blogue tenho noção que tens uma boa famíliam e nota-se, também, o amor que tens pelo bebé.
Infelizmente há casos que não são assim. Casos em que "os de fora" são mais TUDO que os "de dentro". E aí não percebo a questão de ter de se sujeitar tudo porque é a família. Claro que não estou a falar do amor de pais e filhos, que esse acho que está sempre presente. Acho que há sempre um vínculo, nem que seja o da criação. Agora em relação ao amor de irmãos a conversa, para mim, já é outra. Vejo casos em que há irmãos que não conseguem ver o sucesso do outro. Que nao estao presentes, que nao se preocupam, que invejam e desprezam. Neste caso vejo mais "dentro" os de fora, do que os "de sangue".
Claro que quer se queira quer não são sempre família. Mas isso não quer dizer que se goste deles, ou que se tenha uma relação com eles. Se é triste? Claro que é. Mas neste mundo há irmãos, irmãs, imperfeitos.
Sem imagem de perfil

De Missy Chatterton a 12.09.2010 às 21:47

Como eu te percebo...
Sem imagem de perfil

De Veronica a 13.09.2010 às 04:56

Boa noite, passeando
Na net encontrei seu blog que
Já achei muito charmoso! Já virei
Seguidora, Faço a você um convite
venha conhecer meus blogs
Para mim será um prazer uma
Ótima semana bjs.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D