Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Eu juro que não gosto de reclamar...

por Clementine Tangerina, em 12.03.09


...mas há dias que tem mesmo que ser. Hoje foi um deles! Feliz e contente logo de manhã vinha a caminha do meu local de trabalho, a ouvir o programa especial de 30 anos da comercial quando um anormaleco que ia à minha frente, de repente decidiu fazer inversão de marcha sem sinalizar a manobra...ohhh jesusss apitei claro...como qualquer comum cidadão faria. Que mais não seja pelo susto em si. O dito fulaninho abriu a janela e perguntou-me logo o que é que eu queria... Informei-o que estava mesmo atrás dele e que ele não me tinha visto, ao que ele me disse e passo a citar, desculpem mas tem que ser...é que foram mesmo estas palavras...“Sua vaca de merda, porque é que apitaste?” pedi ao fulano para ter calma que aquilo não eram modos de tratar ninguém. E cada vez ficava mais alterado e continuou sempre a ofender-me com o mesmo vocabulário...Aiiii passei-me...juro que quase sai do carro e lhe bati...o gajo sempre a repetir a frase...e a insistir "sua vaca..." fiquei cega...finalizei a conversa em tom de ameaça..." vai ter noticias minhas..."


Toda esta situação foi na rua do meu trabalho...linndo...e o dito fulano esta sempre aqui por causa do restaurante da rua... e incrivel dos incriveis... é funcionário de uma empresa que trabalha para a ZON...burrinho burrinho...pois é obviamente com o carro identificado, retirei a matricula, liguei para a zon, expus a situação e enviei um fax para o provedor da zon, exigindo um pedido de desculpas do funcionário e da empresa que ele representa.


Mas o que é isto, ofende-se as pessoas sem mais nem menos, Aiiii tinha que ser...seguiu um fax bem formal, mas lixado o suficiente para ele perceberem que não vou ficar de braços cruzados.


Não tolero faltas de educação, principalmente de pessoas que representam empresas...é que são burros, é fácil fazer com que sofram as consequências dos seus actos.




É assim acontece...agora vou ali ouvir uma musica zen, e acender uma vela para me conseguir desligar de toda esta história que me fez começar logo bem o dia!

Autoria e outros dados (tags, etc)


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Cindy a 12.03.2009 às 11:02

Um destes dias ia o meu marido muito descansado da vida no seu carrito, quando se atravessam 2 raparigas à sua frente e ele teve que fazer uma travagem brusca. Elas não tem mais nada e chamam-lhe filho da p*t*! Ele pára o carro, abre o vidro e pergunta-lhe se aquilo são modos, já que elas se atravessaram à sua frente. Elas, no seu tom emproado, perguntam-lhe se quer que vão chamar o marido! Ahahahah, dá vontade de rir, não?!

Fizeste bem em fazer queixa... não são essas carrinhas que trazem aquele papelinho atrás a dizer que se o condutor fizer asneiras, para comunicar? ora aí está!

Beijokas

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D