Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Gravidez a quanto obrigas...

por Clementine Tangerina, em 28.01.09

Li hoje o post da Kitty Fane sobre a gravidez e fiquei a matutar sobre o assunto. Realmente há coisas que não se devem dizer e fazer quando se está gravida. Os outros esquecem-se de que é uma fase difícil para algumas, e com depressões. Já ouvi várias amigas a queixarem-se da exagerada atenção dos outros para com elas... ( e eu sei o que isso é, porque eu andava constantemente a dizer à minha amiga pipa e também à cris "não comas isso, a bebe vai nascer a detestar isso... come mais legumes...bebe mais agua..." ) e as coitadinhas tinham que ouvir e calar (às vezes!). Eu nunca estive gravida, mas acho que vou ser uma gravida muito rabujenta...para já odeio que me toquem sem motivo, então com a gravidez isso vai ser uma constante.

Confesso que tenho algum receio dos "opinansos" de todos antes e após o nascimento da criança, eu sei que a primeira gravidez é a mais insegura, mas por favor há que também dar espaço à mãe para aprender (desde que não ponha em risco a saúde da criança, óbvio!) e a ser independente, sem necessitar da ajuda de todos. Não sei se serei capaz de responder à letra, quando estiver farta das visitas indesejadas e das ajudas (sem pedido!)!

Para mim as semanas após o nascimento da criança, devem ser as mais difíceis mas também devem ser as que os pais e a criança se habituam uns aos outros, e desfrutam desses momentos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana C. a 28.01.2009 às 16:34

Por isso mesmo deviam deixar os pais com a sua cria a descobrirem-se, a conhecerem-se, a adaptarem-se sem se intrometerem...
A gravidez é chata sim, apesar de a minha ter corrido muito bem. Mas os primeiros tempos em que aquele pequeno ser invade as nossas vidas, isso sim dava um livro :)
Sem imagem de perfil

De Joana Alves a 28.01.2009 às 17:39

E porque a onde desafios não pára, passo no meu sonho e vê o que te lanço! :)
Sem imagem de perfil

De Mimo Azul a 28.01.2009 às 18:07

Olha que ás vezes uma ajuda sabe bem :)
bjcaaaaaaaaaaa
Sem imagem de perfil

De Clementine Tangerina a 28.01.2009 às 18:11

Mimo Azul:

Claro que sabe bem, mas há pessoas que não conseguem perceber quando a ajuda já é demais! E é ai que começam os problemas. Acho que não se trata de ingratidão mas de os pais precisarem de ter espaço para estarem com os filhos!
Sem imagem de perfil

De Anita a 28.01.2009 às 18:18

Não desistas (do TWITTER), se tem tanta gente fascinada, alguma coisa interessante há-de ter!

Eu estou aqui para ver! Amanhã já ninguém liga!
Sem imagem de perfil

De nitapika a 28.01.2009 às 18:25

O comentário anterior é meu, acho que fiz com outro login por engano ;)
Sem imagem de perfil

De Polly Jean a 28.01.2009 às 20:15

É incrivel, de facto, a invasão do espaço pessoal durante a gravidez. Nós, mulheres, passamos a ser apenas a embalagem que carrega um bébé. Uma amiga minha, durante a gravidez, teve um desabafo interessante: "parece que eu não existo, e a minha barriga é pública, falam com ela(barriga), tocam e dão festinhas, mas nem perguntam aqui ao invólucro"!!!!!!!!!
Sem imagem de perfil

De Kitty Fane a 29.01.2009 às 12:21

Obrigada pela referência. :-)
Sem imagem de perfil

De Filipa a 29.01.2009 às 14:30

Clementine, como eu costumo dizer... ouve tudo o que têm para te dizer mas faz aquilo que queres! Falo por mim, sou excelente ouvinte mas de ideias fixas!
Quanto às mexidas na tua proeminente barriga habituaste ao final de 1 semana. É inato nas pessoas e não é por mal... acabas por levar como um mimo!
Sem imagem de perfil

De mir a 30.01.2009 às 11:48

Ainda estou para perceber a fixação - principalmente de quem é mãe - de porem a mão na barriga por mais que se diga que não se sente nada (o meu crianço é muito pouco sociável e acho que faz muito bem).

Talvez quando já não tiver barriga perceba...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D