Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Injustiças...

por Clementine Tangerina, em 16.08.05
Se há coisas que não suporto é sofrer injustiças, desde miúda que sempre me revoltei com coisas que aparentemente para os outros não significavam nada.
Lembro-me que uma vez em miúda, fiz uma travessura e o meu pai achou que era muito grave, e decidiu castigar-me, sem querer bateu-me e como me apanhou numa má posição sangrei do nariz…lembro-me que esse episódio me marcou para sempre.
A partir desse dia, comecei a revoltar-me com a violência em crianças, por achar que muitas vezes, quando somos pequenos não percebemos a dimensão dos problemas e achamos que alguns actos são tão inocentes quanto a nossa própria inocência.
Acho que perdemos a inocência que tínhamos em crianças, simplesmente porque há adultos que gostam de dificultar a vida e torna-la num verdadeiro pesadelo.
A vida é simples, mas por vezes as pessoas esquecem-se de que há que haver tolerância e que o facto de se ser mãe, pai, patrão, namorado…não significa que se tornam donos do mundo. Se ao sermos, pai, mãe, patrão…nos conseguirmos colocar do outro lado, filho/empregado, as coisas tornavam-se bem mais simples. Eu por exemplo coloco-me muitas vezes no papel de patrão e tento ver o ponto de vista deles, mas não compreendo o que é que os faz serem arrogantes, mal-educados e injustos. Hoje estive para bater a porta e gritar com o meu patrão, mas depois desabafei, bebi um copo de agua, limpei as lágrimas e ergui-me de forças e continuei no meu lugar como se nada do que ele me tivesse dito logo pela manhã me tivesse afectado.
Todo este texto simplesmente para dizer que quando tudo parece calmo, vem uma trovoada e abala-nos…felizmente que essa tempestade só afectou uma parte de mim, porque a outra está cada vez mais resistente a água e ao vento.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D