Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O que é bom acaba depressa...

por Clementine Tangerina, em 17.09.10
Já alguns anitos que não passava mais que um fim de semana no Algarve, apesar de ter lá casa confesso que aproveito pouco!
Estes diazinhos foram mesmo bons...praia, muitas sonecas e muitas fotografias. 
Mas se há coisa que fico chocada no Algarve é realmente com os preços...se não vejamos, as fraldas do baby lá em baixo, iguais iguais...eram 1,80€ mais cara, e as papas idem idem...fiquei chocada! 
As minhas primas que são de lá não tinham noção que a diferença de preços fosse tão grande! 
É realmente uma pena....pois realmente o Algarve é uma região turística, mas não podemos deixar de pensar que há pessoas que tal como todos os portugueses passam necessidades e com preços destes é difícil viver! 
É triste ver que os grandes empresarios deste pais continuam a querer lucrar à conta do zé Povinho! 

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Fiona a 17.09.2010 às 20:12

Dou-te toda a razão neste assunto! É penas que os empresários do Algarve apenas pensem nos meses de Verão e nos turistas e que se esquecem que as pessoas que habitam naquela região o ano inteiro têm de fazer compras de coisas necessárias e esenciais ao seu dia-a-dia. Algarve não é só turismo. É uma zona do país como outra qualquer.
Sem imagem de perfil

De Juliet a 18.09.2010 às 09:03

É realmente uma tristeza porque o Algarve não é só turismo!
Há pessoas que vivem todo o ano e tem que se sujeitar a esses preços barbaros!
É Uma vergonha!
Sem imagem de perfil

De LastButNotLeast a 18.09.2010 às 09:05

Acho que os governantes e esses empresarios deviam viver com o ordenado minimo no Algarve e depois diziam se era ou não facil viver por lá com estes preços e com a crise actual!

Tenham vergonha!
Sem imagem de perfil

De efilipe a 19.09.2010 às 12:28

Concordo plenamente contigo. Eu vou até lá no próximo fim-de-semana, mas este ano escolhemos fazer um mealheiro à parte só para as refeições. É que ir carregados de comida também não é opção, e acabamos sempre por ter de gastar. Antecipámos essa dificuldade, para gozarmos melhor as férias. Mas as coisas básicas temos de levar daqui para evitar as exorbitâncias que se praticam por lá!
Sem imagem de perfil

De Joana a 20.09.2010 às 18:14

Não vamos tão longe... estive na Barra ( aveiro) e fiquei chocada com os gastos que tive em alimentação durante uma semana! Tive uma sobrinha comigo e nunca pensei que uma semana no campismo ficasse tão carita... :(
Hoje em dia não se consegue poupar... é ganhar e gastar logo, infelizmente o povo português habitou se mt mal a certas coisas...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D