Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Vai-se andando...

por Clementine Tangerina, em 26.10.09



"Vai-se andando" é a nova peça com José Pedro Gomes e com encenação de António Feio. Como já tem sido habito no sábado lá fomos ao ensaio geral no casino de Lisboa.

José Pedro Gomes, durante uma hora e pouco conduz magnificamente a viagem que nos leva a conhecer um pouco mais sobre o "tuga". Desde a satira ao homem que vai ao fim de semana ao hipermercado de fato de treino e meia branca, desde as aventuras da ida para a praia no verão, e até as recente comunidades existentes no nosso pais (chineses, croatas, brasileiros...)!
É uma peça que tem um humor brilhante e que nos faz rir do inicio ao fim. Vale mesmo a pena!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Rapazes...

por Clementine Tangerina, em 07.09.09
Sábado lá fomos nós ao ensaio geral de "Rapazes nus a cantar", sim eles estavam mesmo todos nus...ao principio a nossa atenção obviamente esta centrada nas pilinhas dos senhores, mas depois esquecemos por completo que estão realmente nus.
Divertida, bem disposta, com muito humor...recomendo! Os actores estão realmente de parabéns que afinal de contas não deve ser nada fácil estar tao exposto como eles estão.
Recomendo!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Monólogos...

por Clementine Tangerina, em 24.05.09

Escrita em 1996 por Eve Ensler, "Os Monólogos da Vagina" é uma peça de sucesso mundial, com apresentações em mais de 119 países e traduzida em mais de 45 línguas. Baseados em entrevistas realizadas pela autora a mais de 200 mulheres de todo o mundo e diversas realidades, "Os Monólogos da Vagina" narram histórias do quotidiano feminino, revelando intimidades, vulnerabilidades, temores e vitórias próprias deste universo.
Em 2000 Guida Maria estreou a peça em Portugal, durante meses fez digressão pelo pais fora e sempre com enorme sucesso, desta vez a peça tem um formato diferente. Três mulheres que nos contam detalhadamente os monólogos das entrevistadas. Sem dúvida um espectáculo muito bem conseguido, com três actrizes diferentes mas que em tudo se conseguem ligar.
Gostei, mas pelo facto de ter visto a primeira versão só com a Guida Maria, todo o mistério da peça já tinha sido descoberto. Mas gostei!
Ontem foi o ensaio geral, mas com direito a público, o valor do bilhete (5€) reverteu na totalidade para a APAV...com casa cheia! Acho que mais iniciativas destas deveriam ser feitas, por um lado ajuda-se instituições que realmente precisam e por outro permitem ao público ver teatro a um preço muito acessivel!

Autoria e outros dados (tags, etc)


GINGKO

por Clementine Tangerina, em 16.04.09

GINGKO é uma publicação mensal, de Welness, que incentiva as pessoas a encontrarem o equilibrio - pessoal, profissional e ambiental. É uma revista baseada por casos reais com fotos reais. É uma revista inspiradora que pretende criar uma intimidade próxima com os leitores. Distribuída gratuitamente com o jornal SOL e posteriormente vendida por três euros...

Alguns dos seus compromissos são:
- "a" revista do equilíbrio e da sustentabilidade - pessoal, profissional e ambiental.
- Fazer uma guerra mensal contra a multidão publicitária do terror, do pessimismo, do derrotismo. Contar histórias positivas e inspiradoras.
- Ter uma enorme disponibilidade para o novo e ser uma revista obcecadamente curiosa. Ter uma curiosidade infatigável. Por tudo.
- Sair da redacção. Boas histórias não vêm até nós - e não moram no fim do corredor do escritório.
- Construir uma equipa - de jornalistas, fotógrafos, designers, ilustradores e comerciais - que faça uma busca incansável por histórias inéditas, nunca antes contadas.
- Ter um design cuidado e preocupação extrema com a fotografia. Se não formos esteticamente estimulantes e funcionalmente eficientes, desapareceremos na multidão.
- Grande cuidado com a escrita. Acreditamos que a escrita serve para se deixar um traço. Escreve-se por pensar que esse traço pode despertar no outro qualquer emoção, qualquer perplexidade, qualquer ensinamento. Queremos que os leitores se sintam abraçados.
- Aceitar responsabilidades. A maior de todas: tornar o mundo um lugar melhor para todos, criando auto-estima, equilíbrio, prosperidade e capacidade de fazer escolhas. Qualidade é um parâmetro pelo qual se excede as expectativas. Qualidade diz respeito a padrões. É simples: queremos definir altos padrões e depois excedê-los.
- Transformar o controlo de qualidade num objecto de desejo. Para nós, nada nunca está perfeito.
Por tudo isto e mais alguns vale a pena visitar o site e folhear a revista!

Autoria e outros dados (tags, etc)


NY

por Clementine Tangerina, em 29.12.08


Sugestões precisam-se para um local bom e baratinho (que eu sei que é dificil...) para dormir em NY!

Dicas há?

Autoria e outros dados (tags, etc)


West Side Story...

por Clementine Tangerina, em 19.12.08
Ontem lá fomos nós até ao Politeama para o último musical do senhor La Feria. Não tinha grande curiosidade de ir ver, desde que fui ver o My Fair Lady que para mim musicais definitivamente, não. Mas ofereceram-me o bilhete e lá fomos, nada como ver para depois opinar!
Sem dúvida que tiro o chapéu ao senhor La Feria, os musicais estão cada vez com mais qualidade, e isso sem dúvida que se deve a ele.
A música, as coreografias e o guarda-roupa estão excelentes. Já a regresentação de alguns actores, não gostei...demasiado dramatico, e quando era suposto as cenas dramaticas puxarem à lagrima, a mim (e alguns amigos que foram também...) fizeram-me rir.
Achei muito indelicado, os técnicos de som e Luz, estarem constantemente a gritar "BRAVO, BRAVO...", acho que o público tem vontade própria e não precisa de ser incentivado constantemente por esses senhores, que pelos vistos também são pagos para fazer figuração.
Tive azar, pois fiquei mesmo ao lado da cabine dos senhores, e por isso percebi logo de onde vinham os exagerados "BRAVOS".
Concluindo, ainda me ri!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sally & Cliff

por Clementine Tangerina, em 11.12.08
BRAVO! BRAVO!

É a palavra que melhor descreve o espectaculo "Cabaret" que está em cena no "grande" Teatro Maria Matos.
Há cerca de um mês e pouco compramos os bilhetes e tive certas dúvidas se iria gostar do espectaculo, apesar de ter adorado o programa da RTP "À procura de Sally". Mas decidi arriscar e não me arrependo nada.
Foi dos melhores espectáculos que vi em Portugal nos últimos tempos, tudo foi pensado ao minimo detalhe, desde a banda ( que são excepcionais!!), aos bailarinos...
Durante a tarde ligaram a avisar que o espectaculo de ontem não iria ter como Sally, a Ana Lúcia Palminha ( vencedora do programa), mas que iria ser Sara Campina que substitui a Ana Lúcia em alguns espectaculos. Perguntaram se queriamos trocar o espectaculo para outro dia, dissemos que não...arriscamos, e mesmo com a Sara foi excepcional.
Com ou sem Ana Lúcia, a Sally Bowles, ontem ficou muito bem "representada".
Mas a peça não gira somente à volta de Sally, o elenco é composto por magnificos actores, a começar talvez por Pedro Laginha, que faz de Cliff, o eterno amor de Sally. Depois há outros nomes, como Henrique Feist e Isabel Ruth que merecem aplausos de pé. O primeiro está absolutamente fantastico como Mestre de Cerimónias, quanto a mim brilhante...magnifico,
enquanto a actriz mostra-se uma verdadeira senhora em palco, no papel de uma mulher vivida, que tem uma pequena residencial em Berlim.
O final da peça é pesado, há um choque entre a euforia de Kit Kat Klub e a cidade Nazi em que Berlim se transforma .
Parabéns a Diogo Infante pela belíssima encenação, é realmente uma grande homenagem aos musicais, e acho que foi sem dúvida muito bem "arriscado"!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D