Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Um dia...

por Clementine Tangerina, em 13.01.12

Acho que com o actual estado do pais, e com a depressão contagiante que se vive, sinto que por vezes sou a optimista de serviço. Tento sempre pensar de uma forma positiva e pensar que as coisas não podem piorar mais (e assim espero...). 
Mas em tempos de crise, a minha cabeça anda a mil à hora...já só penso em novos projectos, em novos desafios, em novos colegas de trabalho e em novas rotinas. 

Acho que é a primeira vez em "séculos" que não sinto qualquer afinidade por ninguém no local de trabalho, não tenho nenhum confidente, não tenho vontade sequer de falar. Obviamente que não passo os meus dias sozinha, tenho conversas banais e "leves" com algumas colegas, mas nada que considere "valioso". É triste, muito triste...porque por vezes penso que vou partilhar determinados detalhes do meu fim de semana (por exemplo) e dou por mim a ficar calada...

Já tive as melhores colegas do mundo de trabalho, colegas que se tornaram amigas...e agora estou num local que não há identificação possível...e é tão desmotivador...! Infelizmente muitas vezes os ambientes fazem os locais onde trabalhamos...!

(By the way...tu que estás ai algures...olha por mim, pois que já mereço algo mais...)

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria a 14.01.2012 às 08:35

Percebo-te, ás vezes também sinto o mesmo, tenho amigos onde trabalho, mas a maior parte são colegas com quem não me identifico nada e a partilha nunca é muita!Mas não desanimes :)Bjinho
Sem imagem de perfil

De Kiki a 14.01.2012 às 08:48

Compreendo-te tão bem querida!!! Eu também dou muito valor a isso e neste momento estou como tu...

Beijo grande e força!
Sem imagem de perfil

De FashionInPink a 14.01.2012 às 11:53

Concordo com o teu post, um bom ambiente entre colegas torna o nosso dia a dia de trabalho muito melhor! Força querida.
Sem imagem de perfil

De Nuvem a 14.01.2012 às 11:55

E estou exactamente como tu. Num local de trabalho onde não me identifico minimamente com as pessoas, com a forma de estar e de ser... e acabo por me sentir sozinha no meio da multidão...
Infelizmente com a minha idade e mãe solteira não é fácil encontrar algo que me dê estabilidade para sustentar a minha filha, mas a esperança continua e o optimismo também :)
beijinhos e bom fim de semana!
Sem imagem de perfil

De Fiona a 15.01.2012 às 12:27

Compreendo-te perfeitamente! Actualmente também me encontro num local de trabalho em que poucas são aquelas pessoas com as quais vale a pena estar à hora do almoço ou do café. Existem pessoas tão centradas em si mesmas que a única coisa que lhes dá prazer é pensar em mil e um esquemas para deitar os outros colegas abaixo. E acho isso horrível!

Mas tal como tu e apesar dos tempos de crise em que vivemos, também tento ao máximo ir-me mantendo o mais possível positiva. Porque apenas assim consigo viver o meu dia-a-dia: a ver o copo meio cheio em vez do contrário ;).
Sem imagem de perfil

De mjoaob a 15.01.2012 às 16:05

Tens que dar o primeiro passo, todas as pessoas podem ser interessantes, porque não é que experimentas a aproximação? Dá-te que o mundo retribui. <3
'Fugir/mudar' nem sempre é a solução.
Bjito fofo e um universo de afectos para ti
Sem imagem de perfil

De Um Toque Zen a 17.01.2012 às 17:53

Amei o post...principalmente na parte que dizes que és a optimista de serviço!Concordo com a Mjoaob quando diz no facto de dar o primeiro passo, mas também te compreendo que existem pessoas que nada têm a ver com nossa pessoa! Continuando a positividade... no proximo projecto que terás, com excelentes colegas de trabalho darás ainda mais valor a essa benção!Beijooos
Sem imagem de perfil

De Inês Menezes a 22.01.2012 às 16:30

Bem apesar de ainda não trabalhar tenho precisamente a mesma sensação na minha faculdade, nunca estou sozinha lá isso é verdade, mas não tenho verdadeiras amigas lá, em parte a culpa poderá ser minha porque continuei a dar-me e a encontrar-me com as amigas que fiz no secundário, ainda é com elas que faço os meus programas todos. Só tenho duas verdadeiras amigas lá no curso, a elas despejo tudo e mais alguma coisa, mas quando elas não vão sinto-me um bocado "abandonada" e sem motivação para ir às aulas...acredito que para ir trabalhar deve ser ainda pior ter este sentimento!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D