Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





"Um dia..."

por Clementine Tangerina, em 29.07.11


Há coisas que nos dizem ao longo de uma vida, que achamos nunca irão ser como os outros nos dizem. Os pais toda à vida nos disseram "irás perceber um dia", e coisas como "...irás dar valor...", quem nunca ouviu estas famosas palavras? Todos, ou quase todos! 

Há dias dei por mim a sentir-me que nem uma "velha" a falar com uma colega alguns anos (bastantes) mais nova que eu, em conversa sobre o futuro e o estado do pais,  acabei por lhe dizer para estudar, para ficar em casa dos pais enquanto pudesse e aproveitasse para ter novas experiências de vida. Até que de repente me deu um click e pensei "onde é que eu já ouvi isto?!". 
É estranho que num curto espaço de tempo (muito pouco), a nossa maneira de ser e de estar muda radicalmente. As nossas prioridade mudam, aquelas coisas que achavamos serem fundamentais para "sobreviver" deixam de ser, e dou por mim a pensar que devo ter batido forte com a cabeça para ter mudado tanto e em tão pouco! A experiência de vida, a maternidade ( sem dúvida alguma) fez-me ter uma perspectiva da vida e das pessoas, muito diferente. Percebi ainda mais o conceito de "família", que os meus são aqueles que estão presentes na minha vida, que estão lado a lado comigo, nos bons e nos maus momentos, são aqueles que quando precisei de colo por estar exausta por cuidar de um bebe prematuro, nunca desistiram de mim/nós. 
O ditado "palavras leva-as o vento" ganhou um significado completamente diferente. Para quê as palavras quando os actos falam mais alto?!
Há momentos assim, que olhamos para trás e pensamos em tudo o que vivemos, as pessoas que se cruzaram connosco, e nos momentos vividos, e chegamos a uma única conclusão. Faz parte. Faz mesmo parte, do crescimento e da evolução. E tudo tem uma razão de ser.





Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Maggie a 29.07.2011 às 09:59

é verdade é! Eu por vezes ao ouvir-me ouço a minha Mãe a falar, hi hi hi

Bjo grande
Maggie
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.07.2011 às 12:43

Coincidencia ou nao, mas tambem tive uma mudança enorme apos o nascimento do meu primeiro filho. Enfim faz parte como disseste e bem...!
um beijinho

Fanc

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D