Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Um mês, e depois...

por Clementine Tangerina, em 27.07.09

(...)

- Não conheço Paris, e confesso que há muito que ando a adiar...
- Então isso é um sim?
- É um talvez...
- Então, qual a dúvida?
- Como sabes tenho mais esta semana de férias e depois regresso ao trabalho, que já me deve esperar a toda a força.
- Pois eu sei...terias apenas de adiar o regresso mais uma semana...eu até sei que tens mais dias de férias por gozar...
- Sim, tenho...podia ficar mais um mês de férias e ainda ficaria com mais dias por gozar.
-Então...
- Então, irei falar com o meu director e depois digo-te...até quando posso dar-te a resposta?
- Até amanhã ao final do dia...
- Tudo bem, irei falar com ele logo de manhã...mas obrigado pelo convite, realmente surpreendeste-me e muito.
-Gosto da tua companhia, foste uma grande surpresa nestas férias, não contava em cruzar-me com ninguém por aqui tão interessante.
-Parece que já somos dois...vim para aproveitar o mar e estar sozinha e acabei por ter a melhor das companhias.

Saborearam o resto do jantar, a sobremesa e o vinho. As estrelas estavam especialmente sorridentes nessa noite e o céu limpo.
Ouviram boa música, falaram dos seus compositores preferidos de jazz, dos seus escritores preferidos, e das viagens que fizeram e que gostavam de vir a fazer.
Sabiam que viviam ambos em Lisboa, nessa grande cidade que os apaixonava sempre que regressavam de férias, mas não sabiam em que zona moravam, nunca tinha surgido em conversa.
- Como estás a pensar regressar a Lisboa?
- De carro, como haveria de ser ?
- Ahahha, que engraçadinha...eu sei que é de carro, mas como não te vi a conduzir desde que aqui chegaste...
- Porque eu não vim sozinha até aqui...tive boleia...
- Boleia?!!? uiiii algum amigo especial ?
- Sim, um amigo!
- E esse teu amigo vem buscar-te?
- Não, esse amigo infelizmente não me poderá vir mais buscar...
- E tu lamentas profundamente esse facto.
- Lamento, porque gosto muito dele...
-E ele fez-te a desfeita de se recusar a vir cá novamente?
- Não, ele veio trazer-me como forma de despedida, foi viver para os Estados Unidos...aceitou um cargo como gestor financeiro e não houve como recusar...ele vive para o trabalho, é solteiro, não gosta de compromissos e antes de partir acabou tudo com o namorado que tinha cá.
- Namorado?
- Sim, namorado...é gay.
- Ah estou a ver...então nesse caso lamento muito que ele tenha partido...
- Porquê? só porque é gay?
- Não porque não corria perigo com ele por perto!
-Ahhh que engraçadinho que você me saiu!
-É diz que sim!
- Onde é que moras?
- Moro há muitos anos nas Avenidas novas...sabes onde é?
-Claro que sei, não trabalho longe dai...
- Aii não? Onde?
-Saldanha...
-Isso é interessante...cheira-me que vou almoçar contigo muitas vezes...mas onde é que moras?
- Campo de Ourique...
- Adoro Campo de Ourique...vivi lá com a minha ex-mulher...é uma zona encantadora.
-Pois é, eu adoro! - Respondeu-lhe Leonor.
O mar começou a ficar agitado, e Raul não quis arriscar e começou a regressar ao cais para não correr riscos.
- Obrigado por esta noite magnifica Raul, foi realmente muito agradável...
- Só agradável?
- Digamos que foi especial ?
- Uhmmm só isso?
Enquanto Leonor olhava para o veleiro que ali deixavam, Raul não perdeu tempo e abraço-a e roubou-lhe um longo beijo.
Leonor ficou surpreendida, mas não deu parte fraca, quis aproveitar o máximo que podia daquele beijo que há muito queria ter dado mas por receio nunca o fez.
Raul por sua vez, sentia-se feliz por ter dado o primeiro passo e por ela ter correspondido ao beijo dele e não o ter rejeitado.
-Obrigado por esta noite inesquecível...
-Ahhhh assim está bem melhor! Ainda bem que te fiz mudar de ideias...
- Realmente consegues mesmo surpreender-me menino Raul.
- Tu também, Nô...

Entraram no jipe de Raul, Leonor acomodou-se no carro, no banco de pele enquanto Raul escolhia o cd que queria ouvir. Por segundos Leonor fechou os olhos e julgou que tudo o que tinha vivido tinha sido um mero sonho.
- Diz-me que estive a dormir, que nós não nos beijamos, que não jantamos aqueles divinais pratos e que não ouvimos boa música...
- É mentira...não aconteceu nada disso....
- Mentiroso... - E aproximou-se dele e roubou-lhe um longo beijo.
- Vamos que já começa a ficar tarde e a menina tem que dormir...
- Eu não sou a Cinderela...não preciso estar em casa até à meia noite...
- Mas eu sou o príncipe e quero-a sã e salva no seu palácio...
- O príncipe manda...
Seguiram viagem por mais de quarenta minutos, Raul não fez questão de ir depressa...queria aproveitar os poucos momentos que restavam daquela noite com Leonor.
Leonor por sua vez, sentia-se ansiosa, queria ligar naquele instante para o seu director para ele a autorizar a tirar mais uma semana de férias...queria ir com Raul para Paris, queria viver uma semana com ele e conhecer mais e mais daquele homem que lhe tinha revirado o mundo do avesso.
- Até amanhã minha querida, dorme bem...
-Tu também dorme bem, descansa...e não vás trabalhar...
-Não vou, estou cansadissimo...foi muita emoção para um dia só...vou tomar um duche e cama!
- Então até amanhã.
- Até amanhã Nô.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


10 comentários

Sem imagem de perfil

De JAAP a 27.07.2009 às 11:42

olá!
Sei que não nos conhecemos, porém decidi deixar um comentário pois ia passando por este blog e dei uma olhadela, e outra e outra, quando dei por mim estava presa às historias, que aqui são descritas. tens muito talento, por isso continua assim, eu vou passando para ler as continuações ... Bigada pela atenção
Sem imagem de perfil

De Pipi a 27.07.2009 às 13:44

:) sem querer ser pessimista, não está a ser tudo demasiado perfeito? É o sonho de qualquer mulher e de muitos homens também...
Sem imagem de perfil

De Miss R. a 27.07.2009 às 14:12

bem esta historia ta mto boa mesmo!! fico ansiosamente a espera do proximo capitulo :)
Sem imagem de perfil

De Nuvem a 27.07.2009 às 14:49

Adoro as tuas histórias, adoro o facto de intercalares várias histórias e fico sempre ansiosa pelos desenvolvimentos.
Gostava de um tia conseguir ordenar os meus pensamentos para fazer historias ... completas como as tuas.
Parabéns Clementine
Beijinhos e... cá espero a(s) continuação(ões=
Sem imagem de perfil

De Guia Simples a 27.07.2009 às 17:19

Desafio:

Tudo o que eles querem, ou devem, saber sobre elas.

Contribui.

;)
Sem imagem de perfil

De Paula a 27.07.2009 às 19:09

Próximo capítulo depressa, por favor!! :)
Beijinhos
Sem imagem de perfil

De Este Blogue precisa de um nome a 27.07.2009 às 20:26

Oh Clementine, como eu gostava que visses a minha expressão quando o Raúl lhe rouba um beijo ;)!!!!

Como sempre: Adorei e quero mais!!!
Sem imagem de perfil

De Pelursa a 28.07.2009 às 11:25

e o próximo ?
Sem imagem de perfil

De Joana a 30.07.2009 às 01:43

Opá, olha para o meu coraçãozinho cheio de asinhas de borboleta... ui!
Very romantic!
Sem imagem de perfil

De Mary a 01.08.2009 às 19:31

é tao romantica esta historia:D
ADORO-A :)

Parabens, bjinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D